PS Beja quer referendo sobre depósito de água

PS Beja quer referendo

Os eleitos do PS na Assembleia Municipal de Beja vão propor a realização de um referendo sobre a demolição, por parte da autarquia, do depósito de água da rua da Moeda.
A proposta vai ser apresentada na próxima sessão ordinária da Assembleia e surge depois de a Câmara Municipal ter decidido de “forma unilateral” a demolição da infra-estrutura, sem que tenha até ao momento prestado “cabal esclarecimento” à população “sobre os custos, as vantagens, as alternativas técnicas ao abastecimento de água na zona mais elevada da cidade e as próprias alternativas à demolição”.
Nesse sentido, a proposta do PS prevê que o referendo coloque unicamente a questão “Concorda com a demolição do Depósito da Água sito na Rua da Moeda em Beja?”, defendendo que caso vença o “Não” seja “executado o projecto adjudicado em 2013 e que previa a reabilitação do depósito com um custo aproximado de 230 mil euros”.
Para os socialistas de Beja, a Câmara Municipal “teve tempo mais do que suficiente para promover debates sobre a matéria que envolvessem ao longo de meses os munícipes, […] algo que nunca fez, dando como dado adquirido que o depósito é para demolir sem contraditório numa lógica de puro autismo e assente numa prática de total ausência de diálogo”.
O PS de Beja assume ainda que “não tomará partido no debate nem pelo derrube, nem pela reabilitação da estrutura, entendendo que este não é um assunto predominantemente político-partidário mas sim do foro estritamente pessoal de cada cidadão e da forma como pretende ver a sua cidade”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima