PS acusa CM Beja de não apoiar pequenos investidores

PS acusa CM Beja de não

Os vereadores do PS na Câmara de Beja criticam a recusa do executivo em isentar de taxas TRIU um investidor que vai instalar uma unidade de turismo rural no concelho.
Em comunicado, os eleitos socialistas referem que em causa está o pagamento, por parte do investidor, de cerca de 1.250 euros em taxas pela ampliação de uma construção, obra necessária para a instalação de uma unidade turística na Mina da Juliana, um “investimento importante para a dinamização turística e económica da freguesia e do concelho”.
De acordo com os vereadores do PS, “a fixação de taxas é obrigatória por lei mas o regulamento, aprovado no mandato anterior, prevê que a Câmara Municipal de Beja, em caso de interesse reconhecido do investimento, possa decidir reduzi-las ou isentar do seu pagamento”.
Contudo, continua o PS, “os eleitos da CDU tão pouco puseram a hipótese de redução, insistindo na recusa de qualquer apoio a este nível”, argumentando “que a autarquia necessita destas receitas”.
Esta situação leva os vereadores socialistas a considerar que “o actual executivo CDU adoptou uma atitude de descriminação negativa relativamente às micro, pequenas e médias empresas”, até porque na anterior reunião de Câmara “foi aprovado por unanimidade um memorando de entendimento com uma multinacional que prevê não só um apoio em infra-estruturas na ordem dos 300.000 euros, como também a venda por um valor apenas simbólico de terrenos municipais”.
“Efetivamente, em paralelo com o apoio à fixação de grandes investimentos […], também o apoio às micro, pequenas e médias empresas, num contexto de incentivo aos raros empresários que, num contexto de crise, tentam contrariar a tendência de desertificação nos territórios do interior deve, sem qualquer margem para dúvidas, ser apoiada incondicionalmente. Esta devia também ser a postura da CDU que mais não fosse, porque sempre fingiu que o defendia”, conclui o comunicado do PS.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima