PS acusa Câmara de Beja de “propaganda política”

PS acusa Câmara de Beja

A Concelhia do PS acusa a Câmara de Beja, liderada pela maioria CDU, de ter editado um desdobrável para fazer “propaganda política” e assim “tentar salvar a face de um quadriénio que está quase esgotado e que foi grandemente perdido”.
Em causa está a edição, há cerca de um mês, do desdobrável “B de Beja – Beja para o Futuro”, onde o executivo liderado por João Rocha enumera um conjunto de intervenções que a autarquia se propõe realizar na cidade e nas freguesias urbanas.
Para os socialistas, tal não foi mais que “uma acção de propaganda política” da CDU, “no sentido de tentar salvar a face de um quadriénio que está quase esgotado e que foi grandemente perdido”.
“O PS/Beja considera que este desdobrável ‘Sapatinho de Natal’ constituiu, em conjunto com o Orçamento Municipal de 2017, aprovado em Novembro último, não mais que a divulgação antecipada do programa eleitoral da CDU, para Beja, nas próximas eleições autárquicas, suportado à custa do orçamento municipal”, acrescentam os socialistas em comunicado.
O PS sublinha ainda que “durante mais de três anos a acção da Câmara Municipal de Beja foi, manifestamente, escassa nos domínios em que se propõe agora intervir fortemente, nomeadamente, nas redes de águas, nas pavimentações e nas recuperações e reabilitações de espaços de domínio público, não se prevendo por isso que possa haver nos nove meses de mandato que ainda restam uma inversão substancial desta ineficácia”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima