Produção de vinho no Alentejo aumenta 10%

Produção de vinho no

A produção de vinho na região do Alentejo deve registar este ano um aumento de cerca de 10% em relação a 2012, revela um responsável do sector citado pela Agência Lusa.
"As uvas entraram nas adegas com uma qualidade extraordinária e esperamos uma excelente colheita este ano", adianta o secretário executivo da Associação Técnica dos Viticultores do Alentejo (ATEVA), Francisco Mata.
A produção de vinhos com Denominação de Origem Controlada (DOC) e Regional Alentejano atingiu 89,2 milhões de litros em 2012, segundo dados da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA), podendo, segundo os responsáveis, a produção chegar este ano aos 98 milhões de litros.
"Podemos já fazer um balanço que consideramos positivo relativamente à campanha deste ano, que regista uma produção muito boa, em termos de qualidade, e, em termos de quantidade, também está ligeiramente acima da campanha do ano anterior", indica.
A ATEVA, segundo o seu secretário executivo, prevê um acréscimo na produção de vinho na ordem dos 10%, comparativamente a 2012.
"A qualidade do vinho é seguramente muito boa", realça Francisco Mata.
Com oito sub-regiões vitivinícolas (Portalegre, Borba, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Vidigueira, Moura, Évora e Granja/ Amareleja), o Alentejo, que possui 22 mil hectares de vinha, exporta os seus vinhos para os quatro cantos do mundo, sendo Angola, Brasil, Estados Unidos, China e Canadá alguns dos principais mercados.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima