Prisão preventiva para cinco dos 10 suspeitos de tráfico de droga em Beja

Prisão preventiva para cinco dos 10 suspeitos de tráfico de droga em Beja

O Tribunal de Beja determinou este domingo,10, a prisão preventiva de cinco homens, das 10 pessoas detidas esta semana pela PSP, por suspeita de tráfico de droga, revelou fonte da força de segurança.
A mesma fonte adiantou à Agência Lusa, que aos outros cinco detidos, três homens e duas mulheres, o tribunal determinou como medida de coação apresentações periódicas na PSP.
A fonte policial adiantou que os suspeitos foram detidos na quarta-feira e na quinta-feira pela PSP de Beja, por suspeita de tráfico de droga, durante uma operação da força de segurança de combate ao tráfico na cidade.
A operação, de acordo com a fonte da PSP, envolveu 11 buscas domiciliárias, resultantes de uma investigação que decorria há cerca de quatro meses.
Segundo a PSP, nas dez 10 buscas domiciliárias, efectuadas na quarta-feira no âmbito da operação, a força de segurança deteve ainda sete homens e duas mulheres, com idades entre os 25 e 49 anos, e apreendeu mais de 830 doses de várias drogas.
Entre a droga que foi apreendida nas buscas, conta-se 510 doses de haxixe, 174 doses de MDMA (ecstasy) e 1,28 gramas de outras anfetaminas, 96 doses de heroína, 51 doses de cocaína e uma dose de liamba.
Além da droga, a PSP apreendeu também uma arma de fogo transformada para calibre .22, 605 euros em notas, três automóveis, um motociclo, vários artigos de informática e relógios que se suspeita terem sido furtados.
Segundo a PSP, na busca domiciliária efectuada na quinta-feira, também em Beja, no âmbito da operação, a força de segurança deteve um homem, de 26 anos, suspeito de tráfico de droga, ao qual foram apreendidas 1.280 doses de haxixe e cocaína.
Durante a busca, a PSP apreendeu 1.200 doses de haxixe e 80 de cocaína, 1,06 gramas de anfetaminas e 150 euros em notas.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima