Prisão preventiva para suspeito de tráfico em Aljustrel

Prisão preventiva

O Tribunal Judicial de Beja aplicou a medida de coacção de prisão preventiva a um homem de 26 anos, detido no final da passada semana em Aljustrel por suspeitas dos crimes de tráfico de estupefacientes, condução sem habilitação legal e furto qualificado.
De acordo com a GNR, o suspeito foi detido no âmbito das investigações de um processo pela prática de crimes de furto em interior de residência, que decorria há quatro meses, tendo na sua posse “50 doses de haxixe, uma faca e várias notas de países estrangeiros”.
A operação contou com o apoio da GNR de Aljustrel e de militares do Destacamento de Intervenção de Beja da Guarda.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima