Presidente da Câmara de Castro Verde preocupado com futuro do Conservatório

Presidente da Câmara de Castro Verde preocupado com futuro do Conservatório

O presidente da Câmara de Castro Verde escreveu esta semana uma carta aberta aos pais, encarregados de educação, alunos, professores e demais trabalhadores do Conservatório Regional do Baixo Alentejo (CRBA) onde manifesta muitas preocupações sobre o quadro económico e o futuro daquela instituição.
Na missiva, Francisco Duarte exige que o Estado “assuma as suas obrigações” no que concerne ao ensino artístico, “não empurrando para terceiros essa responsabilidade”.
“A chamada sociedade civil, as autarquias e outros agentes, continuam disponíveis para, num quadro claro e razoável, celebrar as parcerias necessárias. Haja, da parte do Governo, a mesma vontade e empenho”, apela Duarte, que também é vogal do conselho de administração do conservatório.
O autarca discorda de medidas tomadas há cerca de um ano pelo Governo do PS quanto às regras de financiamento e não esconde preocupação com o futuro da instituição.
“Que irá acontecer após o encerramento do actual Quadro de Referência dos apoios comunitários em 2013 ou, na melhor das hipóteses, 2015?”, questiona Francisco Duarte, que também se interroga sobre “quem irá assumir a contrapartida nacional das despesas apresentadas” e “os custos adicionais que a preparação extremamente burocrática dos pedidos de pagamento acarreta”.

<b>MAIS INFORMAÇÃO NO "CORREIO ALENTEJO" DE 1 DE JULHO, AMANHÃ NAS BANCAS</b>

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima