Presépio "vivo" para ver na vila de Marvão

Presépio "vivo" para

A vila histórica de Marvão volta a receber este fim-de-semana, dias 21 e 22, a recriação de um presépio vivo, por jovens e animais, iniciativa que constitui um dos “pontos altos” das celebrações natalícias.
O presépio vivo, promovido pela Associação de jovens “Maruam”, vai estar patente ao público na Igreja do Espírito Santo, durante o fim-de-semana, entre as 14h00 e as 19h00.
“Este presépio constitui um dos principais atractivos do Natal em Marvão e também é considerado uma das principais actividades que desenvolvemos durante o ano”, diz à Agência Lusa a presidente da associação “Maruam”, Irene Garraio.
O presépio, segundo a responsável, é composto por sete jovens e duas crianças, além de animais, como ovelhas e um burro.
"Nós vamos tentar recriar um presépio real, com cenários apelativos”, sublinha.
Irene Garraio lembra que a associação realizou durante alguns anos o presépio vivo, mas, depois, abandonou o projecto, recuperando-o novamente em 2007.
A Associação de jovens “Maruam”, com 22 anos de existência, reúne cerca de 40 jovens daquela zona do distrito de Portalegre.
Além da apresentação do presépio vivo, o município de Marvão vai assinalar a quadra festiva com outras actividades, destacando-se, na parte religiosa, as tradicionais missas do Galo e de Ano Novo, na Igreja de Nossa Senhora da Estrela.
A gastronomia é outro dos atractivos nesta época do ano, em Marvão, uma vez que, até ao dia 5 de Janeiro, decorre uma quinzena gastronómica com pratos à base de caça, em 12 restaurantes que aderiram a esta iniciativa.
Canja de perdiz, coelho bravo de cachafrito, javali, arroz de lebre, lombo de veado grelhado com esparregado e castanhas, arroz de pombo bravo, caçolinha de veado com setas e empada de perdiz com salada de agrião são algumas das iguarias que os restaurantes locais estão a apresentar.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima