Povo de Odemira vai propor obras municipais

Povo de Odemira vai

Potenciar o exercício da cidadania participada, activa e responsável é o grande objectivo de mais uma edição do “Orçamento Participativo” de Odemira, que começa esta sexta-feira, dia 1 de Abril.
A iniciativa é promovida desde 2011 pela Câmara Municipal local e “desafia” a população a apresentar propostas para investimentos públicos nas áreas de competência do Município e que sejam de interesse colectivo.
Tal como nas edições anteriores, o “Orçamento Participativo 2016” tem uma dotação de 500 mil euros, sendo que a novidade é que metade do montante será para projectos promovidos nas freguesias do litoral ou com população superior a 1.500 habitantes e os restantes 250 mil euros para projectos nas freguesias com população inferior a 1.500 habitantes.
A iniciativa é aberta aos cidadãos maiores de 16 anos, residentes, trabalhadores ou estudantes no concelho, assim como representantes de organizações da sociedade civil. Cada cidadão pode apenas apresentar uma proposta, cujo valor não exceda os 125 mil euros.
As propostas podem ser apresentadas online, através da página www.op.cm-odemira.pt, e de forma presencial, nas Assembleias Participativas, que serão realizadas um pouco por todo o território do concelho de Odemira.
As propostas apresentadas serão depois submetidas a votação durante os meses de Outubro e Novembro, sendo que aquelas que reunirem mais votos serão integradas no orçamento da Câmara Municipal para 2017.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima