População de Ervidel contra fecho da Estação dos CTT

População de Ervidel contra

O presidente da Junta de Freguesia de Ervidel admite a realização de uma concentração da população junto à sede dos CTT, em Lisboa, para entregar um abaixo-assinado.
"Vamos voltar outro dia, talvez ainda esta semana, com a população em massa para tentar entregar novamente o abaixo-assinado a exigir a reabertura da estação de correios de Ervidel", afirmou o presidente da Junta, Manuel Nobre.
O autarca falava à Agência Lusa depois de uma delegação composta por membros da junta de freguesia e da Comissão de Utentes da Estação de Correios de Ervidel ter tentado ser recebida esta terça-feira, 29, pela administração dos CTT, em Lisboa.
O autarca contou que a delegação tentou entregar um abaixo-assinado, com 1.008 assinaturas, e reunir com a administração dos CTT, mas um segurança informou que "não iriam ser recebidos, porque ninguém estava disponível".
"Vamos fazer um plenário para explicar à população o que se passou aqui, mas a proposta que vai estar em cima da mesa é a de voltar ainda esta semana ou na semana que vem", adiantou.
A delegação teve mais "sorte" no caso da Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom), tendo sido recebida pelo conselho de administração, que recebeu os abaixo-assinados e ouviu as preocupações e reivindicações da comunidade.
Recorde-se que a Estação de correios de Ervidel, no concelho de Aljustrel, fechou na passada sexta-feira, 24, e os serviços foram transferidos e começaram na segunda-feira, 27, a ser prestados num novo posto de correio, "explorado" por um parceiro da empresa.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima