Petição em defesa do Sudoeste Alentejano

Petição em defesa do Sudoeste Alentejano

O movimento de cidadãos “Juntos pelo Sudoeste” acaba de lançar a petição pública “O Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina não aguenta mais agricultura intensiva”, que pretende ver discutida na Assembleia da República.
De acordo com os dinamizadores do movimento, o objectivo “primordial” da petição é que a actual situação do Parque Natural “seja avaliada e debatida na Assembleia da República e que sejam apresentadas soluções consistentes que respondam às preocupações da população e de outros sectores fundamentais da região do Sudoeste e não apenas de uma parte dos interessados, com vista a uma compatibilização entre os valores de um Parque Natural e a agricultura que lá se faz”.
De acordo com os mesmos responsáveis, o “Juntos pelo Sudoeste” é um movimento “apartidário” de cidadãos de Odemira e Aljezur “seriamente preocupados com a situação actual do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, “face ao avanço galopante e descontrolado da indústria agrícola, nomeadamente as culturas cobertas por quilómetros de plástico, num modelo de práticas agrícolas em regime intensivo que vem pôr em causa a integridade do território”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima