Pelouros atribuídos no novo executivo da Câmara de Odemira

Os vereadores do novo executivo da Câmara de Odemira, liderado pelo socialista Hélder Guerreiro, já têm funções atribuídas, com os pelouros a serem distribuídos pelos eleitos do PS.

Nesse sentido, o presidente Hélder Guerreiro irá ser o responsável pela promoção da eficiência dos serviços e valorização dos recursos humanos e da atractividade de Odemira “como um território que valoriza o património e promove as indústrias culturais e criativas”.

À sua responsabilidade ficam os pelouros da Coordenação Geral, Planeamento Estratégico, Cooperação, Comunicação, Recursos Humanos, Contencioso, Assessoria Jurídica e Notariado, Cultura, Participação e Juventude, e Proteção Civil.

Hélder Guerreiro nomeou como vice-presidente da autarquia o vereador Ricardo Cardoso, que terá os pelouros do Desenvolvimento Económico, da Modernização e Atendimento, da Gestão Documental e Arquivo Municipal, da Gestão Financeira e Tesouraria, das Compras, da Informática e Acessibilidade Digital, e do Património.

Por sua vez, a vereador Raquel Vicente e Silva será a responsável pelos pelouros do Ambiente, da Saúde Pública e bem-estar animal, da Rede Viária, dois Espaços Públicos, Jardins e Cemitérios, das Oficinas e Apoio Logístico, e da Proteção Civil (em substituição do presidente), ao passo que Pedro Ramos terá responsabilidade nas áreas do Licenciamento, das Obras Municipais, do Planeamento e Ordenamento, e da Habitação e Reabilitação Urbana.

Finalmente, a vereadora Isabel Raposo terá os pelouros da Educação, da Ação Social, do Desporto, e da Saúde.

Por decisão do presidente da Câmara de Odemira, os dois vereadores eleitos pela CDU não têm quaisquer pelouros atribuídos.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima