Pedro do Carmo promete estar "ao lado das pessoas"

Pedro do Carmo promete

O presidente da Câmara de Ourique define como prioridade do novo mandato "estar ao lado das pessoas" para "minimizar" as dificuldades causadas pela crise.
"Vivemos um momento muito difícil e as dificuldades que as pessoas sentem são cada vez maiores e cabe às autarquias estar ao lado das pessoas", diz o socialista Pedro do Carmo, que tomou posse na passada sexta-feira, 18, depois de nas últimas eleições autárquicas ter sido reeleito para um terceiro mandato consecutivo, o último permitido por lei.
Por isso, frisa, "a prioridade deste mandato [do executivo PS da Câmara de Ourique] é estar ao lado das pessoas para minimizar as dificuldades que estão a sentir", sobretudo as provocadas pela crise, mas também "pelo abandono do interior" e pelo fecho de serviços públicos.
"Neste momento difícil, as questões sociais agudizam-se e alguém tem que não virar a cara às pessoas e as autarquias são a última réstia de esperança para as pessoas, principalmente para as que vivem no interior do país", sublinha.
Na área social, a Câmara de Ourique vai manter as medidas de apoio em vigor e contribuir para a criação de postos de trabalho, sobretudo reservando "uma fatia do orçamento" camarário para comparticipar remunerações de desempregados que sejam chamados para trabalhar ou frequentar programas ocupacionais através do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).
Quando as instituições do concelho que contratam desempregados não tiverem condições financeiras para comparticipar a remuneração, a Câmara de Ourique "poderá ajudar para assegurar que as pessoas tenham um trabalho e uma fonte de rendimento e ninguém fique sem trabalhar por falta de comparticipação necessária para assegurar uma remuneração", explica.
Atrair investimentos privados, para criar mais empregos, apoiar as pequenas e médias empresas, para se tornarem auto-sustentáveis, são outras prioridades do executivo camarário de Ourique para este mandato, "tudo para que as pessoas não abandonem o interior", diz Pedro do Carmo.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima