Pedro do Carmo promete “novo ciclo” no PS do Baixo Alentejo

Pedro do Carmo promete “novo ciclo” no PS do Baixo Alentejo

Um projecto de “proximidade com os militantes”, centrado “na resolução dos problemas das pessoas e da região” – foi esta a proposta deixada aos militantes do PS pelo novo presidente da Federação do Baixo Alentejo (FBA) na sessão de encerramento do congresso distrital dos socialistas, que decorreu este domingo, 1, em Mértola.
No discurso que marcou o final dos trabalhos e que mereceu fortes aplausos dos mais de 120 delegados presentes no salão dos Bombeiros Voluntários de Mértola, Pedro do Carmo aludiu com optimismo ao “novo ciclo” de orientação política que pretende iniciar na FBA, garantindo que só o PS “consegue alimentar a esperança dos cidadãos e guiar as políticas de progresso”.
“Temos pela frente enormes desafios, com dificuldades, é certo, mas que enfrentaremos com determinação e absoluta confiança nas nossas capacidades de intervir para melhorar a sociedade”, vincou o novo líder do PS, para quem a responsabilidade do partido no Baixo Alentejo “é grande e inequívoca”.
“E essa responsabilidade assenta num compromisso sério de defesa da criação da região Baixo Alentejo e na promoção de medidas políticas e de projectos de desenvolvimento que atribuam à nossa terra progresso e que assumam a melhoria da qualidade de vida dos nossos concidadãos como um desígnio para o futuro”, acrescentou.
Depois, Pedro do Carmo centrou as suas atenções (e críticas) no executivo governamental PSD/ CDS-PP liderado pelo social-democrata Pedro Passos Coelho, sublinhando que “as indefinições nos projectos estruturais do aeroporto de Beja, no Alqueva, nas acessibilidades rodoviárias IP8 e IP2 e nas ligações ferroviárias são a marca de uma política de destruição do interior de um governo de direita neo-liberal, que desrespeita as ambições dos cidadãos e que mina a coesão territorial”.
“Este Governo governa segundo uma filosofia simples e um modelo socialmente insustentável. A filosofia é a de que a culpa é sempre dos outros, sobretudo dos que se encontram em dificuldades”, acrescentou o novo líder do PS, defendendo que o presente exige “determinação e firmeza”.
O XV Congresso Federativo do PS do Baixo Alentejo, além de consagrar Pedro do Carmo como novo líder dos socialistas (sucedendo no cargo a Luís Pita Ameixa), serviu para os militantes elegerem os novos órgãos regionais do partido, propostos numa lista única apresentada por Pedro do Carmo e Hélder Guerreiro.
Ao todo votaram 126 delegados, sendo que a nova Comissão Política, com 61 elementos, foi aprovada com 119 votos a favor, quatro votos em branco e três votos nulos.
Para os restantes órgãos foram eleitos presidentes Maria do Céu Valente (Comissão Federativa de Jurisdição), Joaquim Nobre (Comissão Federativa de Fiscalização Económica e Financeira) e Manuel Masseno (Conselho Consultivo) – <b>ver listas completas em baixo</b>.

<b>COMISSÃO POLÍTICA</b>
António Afonso
António Espirito Santo
António Figueira
António José Paulino
António José Ventinhas
António Loução
António Mendes Pinto
António Paiva
António Patinho Pereira
Carlos Alcântara
Carlos Almeida
Carlos Calhau
Carlos Graça
Conceição Casanova
Duarte Freitas
Edite Pouza
Fernanda Romba
Fernando Romba
Filipe Palma
Florbela Martins
Francisco Mestre
Francisco Orelha
Graça Belchior
Hélder Guerreiro
Idalina Elias
Idalina Galinha
Jacinta Grilo
Joana Palminha
João Alberto Fragoso
João Sardica
João Socorro
José Carlos Albino
José Eduardo Lança
José Germano
José Guerra
José Leitão
José Luís Ramalho
José Maria Aniceto
José Nicolau Gonçalves
Juvenália Salgado
Leandro Gonçalves
Lélia Guerreiro
Luís Cacito
Luís Miranda
Manuel Canilhas Reis
Manuel Francisco
Manuel Masseno
Manuel Mestre
Manuel Pedro Gonçalves
Marco Rego
Maria Eugénia Alho
Maria Fialho Cabrita
Miguel Góis
Noel Farinho
Nuno Pancada
Paulo Arsénio
Romana Romão
Sónia Correia
Telma Guerreiro
Tito Batalha
Vítor Paixão

<b>COMISSÃO FEDERATIVA DE JURISDIÇÃO</b>
António Cachopo
Carla Lança
João Filipe Cardoso
Maria do Céu Valente
Paulo Monteiro Lampreia

<b>COMISSÃO FEDERATIVA DE FISCALIZAÇÃO ECONÓMICA E FINANCEIRA</b>
António Nascimento
Florbela Afonso
Joaquim Nobre
José Saramago Camacho
Margarida Ribeiro

<b>CONSELHO CONSULTIVO</b>
Manuel Masseno

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima