PCP questiona Governo sobre Linha do Alentejo

Linha ferroviária
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O PCP questionou no Parlamento o Governo sobre a disponibilidade deste para equacionar a modernização da Linha do Alentejo “em toda a sua extensão”, desde Casa Branca até à Funcheira.

A questão foi apresentada pelos deputados comunistas João Dias e Bruno Dias ao ministro das Infra-estruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos, depois de no passado dia 22 de Dezembro a empresa Infra-estruturas de Portugal ter deliberado proceder ao lançamento do procedimento pré-contratual necessário à contratação de um estudo sobre a modernização do troço ferroviário Casa Branca-Beja, com ligação ao aeroporto de Beja e incluindo electrificação e instalação de sistemas de sinalização e telecomunicações.

Na opinião dos eleitos do PCP, “mais uma vez a solução para Linha do Alentejo fica relegada para um estudo/projecto, desta vez amputado de parte significativa da linha e que lhe confere a sua viabilidade que é a ligação em toda a sua extensão não só na ligação entre Casa Branca e Beja como no que respeita à ligação entre Beja e Funcheira, ligando à Linha do Sul e à tão importante infra-estrutura que é o Porto de Sines”.

João Dias e Bruno Dias argumentam ainda que “fazer um estudo para a modernização da Linha do Alentejo não considerando toda a sua extensão, para além de revelar a intenção de fazer da Linha do Alentejo um ramal de ligação a Beja, pode representar no futuro custos mais elevados e desadequação do projecto, uma vez que uma coisa é conceber um projecto de modernização da linha até Beja outra coisa bem diferente é um projecto de modernização de toda a linha”.

Nesse sentido, os dois deputados do PCP querem saber que “avaliação e utilização” faz o Governo do estudo realizado pela Rede Ferroviária Nacional (REFER) em 2015 e “quando prevê o Governo o início das obras e a sua conclusão” na Linha do Alentejo.

Os parlamentares comunistas pretendem ainda saber se o Governo está “disponível para equacionar a modernização da Linha do Alentejo em toda a sua extensão, ou seja, na ligação entre Casa Branca e Funcheira” e “para incluir nos projectos da modernização da Linha do Alentejo toda a sua extensão, ou seja, na ligação entre Casa Branca e Funcheira e não apenas a ligação entre Casa Branca e Beja”.

Quanto ao estudo de viabilidade para a modernização do troço entre Casa Branca-Beja e a ligação ao aeroporto de Beja, os deputados do PCP querem saber se “o mesmo concretizado” e, em caso afirmativo, “quais os resultados e conclusões” do mesmo.

Opinião

Carlos Pinto

8 de Janeiro, 2021

Entrar em 2021 de “pé esquerdo”

Vítor Encarnação

8 de Janeiro, 2021

Casa do Alentejo

Carlos Pinto

18 de Dezembro, 2020

Pessimismo ou optimismo?

Napoleão Mira

18 de Dezembro, 2020

Um conto de Natal quase verdadeiro

Carlos Pinto

4 de Dezembro, 2020

Uma iniciativa exemplar

Vítor Encarnação

4 de Dezembro, 2020

Corações

Anterior
Seguinte

EM DESTAQUE

ULTIMA HORA

Role para cima