PCP: Eleição de Marcelo suscita “inquietações”

PCP: Eleição de Marcelo

A Direcção da Organização Regional de Beja (DORBE) do PCP considera que a eleição de Marcelo Rebelo de Sousa como Presidente da República levanta “inquietações”.
Na análise aos resultados das Eleições Presidenciais do passado dia 24 de Janeiro, os comunistas do Baixo Alentejo entendem que, na região, os resultados do candidato que apoiaram, Edgar Silva, “ficaram aquém da campanha realizada, do valor do projecto da candidatura e dos objectivos que defendia para o exercício da função presidencial”.
Em comunicado, a DORBE do PCP acrescenta que a “margem de votos que permitiu Marcelo Rebelo de Sousa ser eleito à primeira volta comprovou a real possibilidade, que o PCP sempre afirmou, de impedir tal desenlace, se todos se tivessem verdadeiramente envolvido nesse objectivo”.
“O objectivo de derrotar o candidato da direita foi entendido por muitos democratas e patriotas como uma expressão do seu voto em Sampaio da Nóvoa na primeira volta, antecipando aquilo que apenas se colocaria na segunda volta, afectando assim o resultado da candidatura de Edgar Silva”, complementam os comunistas.
Depois das Presidenciais, a DORBE do PCP revela estar empenhada na organização do Almoço de Aniversário do PCP (20 de Março), no Encontro de Quadros (7 de Maio) e na Romagem a Catarina Eufémia (22 de Maio).

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima