PCP contesta intenção do Governo de fechar o Tribunal de Mértola

PCP contesta intenção do Governo de fechar o Tribunal de Mértola

O PCP contesta a intenção do Governo de fechar o Tribunal de Mértola, o que, a concretizar-se, “representa um sério obstáculo no acesso dos cidadãos do concelho à justiça e uma das mais sérias afrontas à memória cultural” do território.
“Mértola não se pode calar”, defende a concelhia de Mértola do PCP, apelando “a um forte movimento de cidadania cívica e política de todos, que leve o Governo a retroceder” na “proposta insensível e tecnicamente injustificável” de fechar o tribunal local.
O PCP informa que, através do seu grupo parlamentar, vai voltar a questionar o Governo sobre a proposta de fecho do tribunal e convida a população a participar na reunião da Assembleia Municipal de Mértola, esta quarta-feira, 31, às 17h30, para discutir o assunto e “tentar travar mais este ataque aos direitos da população do concelho”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima