PCP alerta para falta de médicos em Ourique

PCP alerta para falta

Um em cada cinco utentes residentes no concelho de Ourique não tem médico de família atribuído, num total de 1081 pessoas, sobretudo oriundas da freguesia de Garvão.
O número é avançado pelos deputados do PCP João Dias e Carla Cruz, depois de na passada semana o grupo parlamentar comunista ter visitado o Centro de Saúde de Ourique, onde identificou “diversas preocupações e dificuldades”, nomeadamente relacionadas “com a falta de recursos humanos”.
Nesse sentido, em pergunta apresentada na Assembleia da República e dirigida à ministra da Saúde, os deputados do PCP querem saber se o Governo confirma “que a falta de médicos de família afecta um quinto da população do concelho de Ourique” e “que medidas vai tomar o Governo para atribuir médico de família aos utentes sem médico no Centro de Saúde de Ourique”.
Os eleitos comunistas questionam ainda sobre “que conhecimento tem o Governo da falta de assistentes técnicos no Centro de Saúde de Ourique” e “que medidas vai o Governo tomar para substituir os assistentes operacionais que há mais de dois anos estão com ausência prolongada por doença”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima