PCP acusa PS, PSD e CDS de não terem "sabido ou querido" colocar Alqueva ao serviço do Alentejo

PCP acusa PS

O PCP acusou esta segunda-feira, 6, os governos PS, PSD e CDS-PP de não terem sabido ou querido estabelecer as estratégias e garantir os financiamentos "essenciais" para colocar o projecto Alqueva "ao serviço" do Alentejo e do país.
"Os sucessivos governos não têm sabido, ou não têm querido, estabelecer as estratégias e garantir os financiamentos essenciais para colocar o projecto ao serviço do desenvolvimento da região e do país", disse em conferência de imprensa o deputado do PCP eleito por Beja, João Ramos.
Segundo o deputado, "quase 40 anos" após o "início das obras" preliminares, o projecto "não criou as dinâmicas suficientes para inverter as tendências de desemprego e de despovoamento, que ameaçam a região".
Por outro lado, "as incertezas em torno do Alqueva são, infelizmente, recorrentes, como insistente foi a luta dos alentejanos em defesa" do projecto, lamentou.
João Ramos anunciou ainda que durante este mês de Fevereiro vai visitar e contactar populações, agricultores e entidades ligadas ao projecto Alqueva, como a Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva (EDIA) e organizações de agricultores e regantes.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima