Passos Coelho confirma conclusão do Alqueva em 2015 durante visita à Ovibeja

Passos Coelho confirma conclusão do Alqueva em 2015 durante visita à Ovibeja

O primeiro-ministro assumiu esta segunda-feira, 30, o compromisso do Governo de concluir as obras do Alqueva em 2015, defendendo que o projecto é "essencial" para promover o regadio e outras actividades "essenciais à recuperação económica" do Alentejo e do país.
Devido à situação económica e financeira do país, os investimentos "não puderam ocorrer como planeado" e o Governo teve que "fazer a reprogramação do investimento do Alqueva" e, "por essa razão, em vez de o próximo ano ser o ano de referência para a conclusão das obras, esse ano está referenciado para 2015", disse Pedro Passos Coelho.
O chefe do Governo falava aos jornalistas em Beja, durante uma visita à Ovibeja, onde, entre beijos e apertos de mão a visitantes da feira, provou vinhos, azeites e presunto da região e ouviu modas alentejanas, tendo, inclusive, cantado uma delas.
Na ocasião, Passos Coelho garantiu ainda ser “falsa” a “ideia de que não existe diálogo” em torno do Documento de Estratégia Orçamental (DEO), que ainda vai ser apresentado no Parlamento, negando mesmo tratar-se de “um novo PEC”.
E confirmou a reposição gradual dos subsídios de férias e de Natal e dos cortes nos salários da função pública a partir de 2015, de acordo com a "margem orçamental" e "tão rapidamente quanto possível".

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima