Ovibeja 2013: Vai começar a festa do Alentejo!

Ovibeja 2013:

O apelo ao uso eficiente de água marca a edição deste ano da Ovibeja, que arranca esta quarta-feira, 24, e celebra 30 anos de “vida” a mostrar "todo o Alentejo deste mundo".
Longe vão os dias em que a Ovibeja era apenas uma pequena feira de gado, ocupando meia dúzia de metros quadrados e cativando apenas aqueles que em Beja se dedicavam à lavoura e aos ofícios da terra.
Ano após ano o certame soube crescer e consolidar-se, sendo hoje a grande montra da região.
“A Ovibeja é uma feira, na verdadeira acepção da palavra, que veio continuar uma feira que existia. Não é nem uma exposição específica de agricultura, nem uma feira regional ou uma feira apenas de comércio ou divertimentos. É tudo isso, tem todas essas especificidades em conjunto e esse foi o modelo que se encontrou e que se constituiu já como a tradição desta feira”, sublinha Manuel Castro e Brito, presidente da ACOS – Agricultores do Sul, organizadora do certame.
A Ovibeja 2013 arranca esta quarta-feira, 24, e como manda a tradição deve ser grande a “romaria” políticos.
“Recebemos aqui a maior parte dos políticos com uma grande satisfação”, assegura Castro e Brito, que logo no primeiro dia verá a ministra da Agricultura, Assunção Cristas, participar às 15h00 na cerimónia oficial de inauguração da feira.
Horas antes, às 12h30, será o secretário de Estado adjunto do primeiro-ministro, o bejense Carlos Moedas, a passar pelo recinto da Ovibeja, onde marcará presença na inauguração na inauguração de uma escultura comemorativa dos 30 anos de feira.

Programa vasto
Mas até domingo, 28, o certame promete para o Parque de Feiras e Exposições da cidade um programa vasto e diversificado.
A começar pelos colóquios, que se realizam ao longo dos cinco dias de feira, abordando temas pertinentes para a agricultura… e não só!
Esta quarta-feira, 24, discutem-se as “Novas tecnologias de produção de trigo de qualidade em regadio” e a “Inovação e empreendedorismo em meio rural”, além de se realizar um workshop sobre tecnologia no sector vinícola, enquanto que na quinta-feira, 25, os temas na ordem do dia serão os “Novos desafios do porco alentejano: plano de controlo e erradicação da doença de Aujeszky e norma de calidad”, o “Programa de conservação e melhoramento genético da raça Merina” e “Touros no Mundo”.
Já na sexta-feira, 26, realizam-se os colóquios “A Política Agrícola Comum 2013-2020 – Ponto da situação e perspectivas”, “Gestão da água em meio urbano no quadro regional – Caminhos para o futuro” e “Alqueva e os Desafios do Regadio para o Séc. XXI” e tem lugar um encontro de dirigentes de Caixas de Crédito Agrícola.
Para sábado, 27, estão agendados os colóquios “Produção, Qualidade, Usos e Inovação no mercado do azeite”, “Misericórdias um real projecto de solidariedade” e “O COTR e os serviços de Apoio Técnico ao Regante”, além de um workshop sobre lã.
E a fechar, no domingo, 28, celebra-se o Dia Nacional de Prevenção e Segurança no Trabalho, no âmbito do qual terá lugar o debate “O papel dos actores na prevenção de riscos profissionais”.
Ao longo dos cinco dias de feira serão igualmente muitos os concursos de gado na Ovibeja, onde também não faltarão as exposições de espécimes de diversas raças ou as mostras sobre recursos hídricos, vinho e azeite.
Gincanas equestres, concursos de saltos, provas de equitação e jogos de horseball são algumas das actividades desportivas incluídas no programa da Ovibeja, onde a música terá um papel de relevo.
Pelas “ovinoites” passarão nomes como António Zambujo e Virgem Suta (quarta-feira, 24), Xutos & Pontapés (quinta-feira), Buraka Som Sistema (sexta-feira) e The Gift (sábado), além de diversos grupos e conjuntos regionais.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima