Ourique inaugurou Centro de Cycling e rede wifi

Ourique inaugurou Centro

A secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, “apadrinhou” nesta quinta-feira, 16 de Julho, a inauguração do novo Centro de Cycling de Ourique e o reforço da rede de Internet sem fios (wifi) na vila.
O novo Centro de Cycling resulta de uma parceria da autarquia local com a Turismo do Alentejo, integrando a recém-criada Rede Integrada de Centros de BTT e Cycling do Alentejo e Ribatejo, que representa um investimento global de 691.110 euros. Já o reforço da rede wifi na vila resulta de um investimento de 62.520,90 euros, financiado em 79% pelo Turismo de Portugal.
Na cerimónia de inauguração, o presidente da Câmara de Ourique sublinhou tanto o Centro de Cycling como o reforço da rede de wifi “são duas boas oportunidades para responder às necessidades e sintonizar o território com dinâmicas individuais e comunitárias.
Marcelo Guerreiro aproveitou ainda a ocasião para sublinhar o empenho da autarquia na afirmação turística do concelho. “Ao longo dos últimos meses estivemos a pedalar sem sair do mesmo lugar, mas não perdemos nem músculo, nem ambição de continuar a trabalhar para afirmar Ourique e a região como um bom destino turístico, com uma oferta diferenciada, com boas experiências gastronómicas, patrimoniais e ambientais”, destacou.
Por sua vez, a secretária de Estado do Turismo observou que o novo Centro de Cycling de Ourique “contribui para uma rede alargada” de estações de cycling, num projecto em que a modalidade se cruza “com a componente turística”.
“Além do mais, na fase actual que vivemos há que relevar que precisamos de desconfinar, precisamos de buscar um pouco a liberdade, e este tipo de projectos providencia isso mesmo”, garantiu Rita Marques.
Finalmente, o presidente da Turismo do Alentejo e Ribatejo considerou que o Centro de Cycling de Ourique “é muito importante” para “um novo tipo de turista” que está a chegar à região e que procura, sobretudo, as actividades outdoor.
“Cada vez há mais e temos de dar condições a estes turistas. E esta é uma rede inovadora, que juntou 11 municípios de todo o território, com mais de 7.500 cicláveis, 500 e tal no concelho de Ourique”, referiu António Ceia da Silva, elogiando ainda a parceria estabelecida entre a autarquia ouriquense e os bombeiros locais para apoiar os ciclistas que cheguem à vila no horário em que o Centro de Cycling estiver já encerrado.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima