OP de Odemira inicia assembleias participativas

OP de Odemira inicia

O Centro Social de Luzianes-Gare recebe esta sexta-feira, 6 de Maio, ao final da tarde, a primeira assembleia participativa do "Orçamento Participativo" (OP) deste ano.
As assembleias participativas são uma oportunidade para as populações apresentarem de forma presencial as propostas de investimento no âmbito da iniciativa da Câmara de Odemira, que disponibiliza 500 mil euros para este projecto.
A assembleia participativa do OP em Luzianes-Gare começa às 18h30, o mesmo horário em que se vão realizar as restantes sessões: no Centro Sócio-cultural da Longueira (13 de Maio), Cooperativa de Relíquias (20 de Maio), Biblioteca Municipal de Odemira (25 de Maio) e Sociedade Recreativa Santeotoniense, em São Teotónio (27 de Maio).
O OP é uma iniciativa da Câmara de Odemira, que tem por objectivo "potenciar o exercício da cidadania participada, activa e responsável, com vista à melhoria da qualidade de vida no concelho".
Nesse sentido, os cidadãos são convidados a apresentar propostas de investimento municipal que sejam de interesse colectivo e incidam nas áreas onde o Município tem competências.
Cada cidadão pode apenas apresentar uma proposta, cujo valor não exceda os 125 mil euros.
Na edição deste ano do "OP" foi introduzida a condição de afectar 250 mil euros para projectos promovidos nas freguesias do litoral ou com população superior a 1.500 habitantes e outros 250 mil euros para projectos promovidos nas freguesias com população inferior a 1.500 habitantes.
As propostas apresentadas serão submetidas a votação, durante os meses de Outubro e Novembro, sendo que aquelas que reunirem mais votos serão integradas no orçamento da Câmara Municipal para 2017.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima