Ogier na frente no último dia do Rally de Portugal

Ogier na frente no último

O Rally de Portugal entra este domingo, 6, na última e decisiva etapa, com três classificativas especiais e o francês Sebastien Ogier (Volkswagen) na frente da prova.
O campeão do Mundo, líder do Mundial e vencedor do Rally de Portugal no ano passado (bem como em 2010 e 2011) arranca para as últimas classificativas (num total de 43,87 quilómetros cronometrados) com 38,1 segundos de vantagem sobre o finlandês Mikko Hirvonen (Ford Fiesta RS WRC).
O dia começa com a especial 14, uma classificativa que serve quase como um "aquecimento" para a Powerstage – a última do rally – já que se disputa exactamente no mesmo troço.
Seguem-se os 16,21 quilómetros de São Brás de Alportel (um regresso ao Rally de Portugal) e a Powerstage (Loulé 2), uma especial que distribui pontos suplementares no Mundial aos três pilotos mais rápidos (três, dois e um respectivamente).
Ogier andou todo o dia de sábado a poupar pneus macios para as etapas curtas deste domingo, algo que o segundo classificado da geral, Mikko Hirvonen, não teve possibilidade de fazer.
O finlandês diz que apenas tem pneus macios muito gastos e bastantes pneus novos, mas todos duros, pelo que vai lutar "apenas" por segurar o segundo lugar.
O francês da Volkswagen tem assim uma oportunidade de "ouro" de arrecadar mais um Rally de Portugal – onde até conseguiu a sua primeira vitória no WRC, em 2010 – e, como referiu no sábado, "ganhar um bom impulso para o Mundial", onde já leva duas vitórias.
Para Bernardo Sousa, o melhor português em prova, será a oportunidade de conservar o quinto lugar na categoria WRC2 (segunda divisão do WRC), defendido no sábado apesar dos problemas mecânicos do Ford Fiesta RRC.
No sábado, 5, Ogier recuperou a liderança do rally ao vencer as classificativas de Santana da Serra e do Malhão.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima