Odemira cria grupo de apoio psico-social

Odemira cria grupo

A Câmara de Odemira criou recentemente o GAPE – Grupo de Apoio Psicossocial na Emergência, que visa apoiar a população do concelho em contextos de crise e emergência.
Fonte municipal explica ao “CA” que o novo GAPE pretende ser “uma resposta de apoio psicológico e social imediato à população”, tendo como “público-alvo” as pessoas que presenciem “eventos traumáticos, acidentes ou catástrofes, incluindo os amigos e familiares dos indivíduos envolvidos em emergências”.
“Pretende-se potenciar sinergias, competências e recursos do concelho em matéria de emergência e assegurar a continuidade do apoio psicossocial por um período máximo de um mês, sempre que não se encontrem respostas junto das entidades competentes”, acrescenta a mesma fonte.
O GAPE é um projecto de voluntariado da Câmara de Odemira, que ficará integrado no Serviço Municipal de Protecção Civil e no Banco Local de Voluntariado, e será constituído por técnicos voluntários das áreas de psicologia e serviço social.
Na prática, a equipa do GAPE actuará em situações de acidentes de viação, sinistralidade marítima, incêndios florestais ou urbanos que ameaçam populações, desastres naturais ou provocados que ameacem populações, suicídios ou tentativas de suicídio, acompanhamento da equipa de mergulho e noutros incidentes, como desaparecimentos, derrocadas ou aluimentos.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima