Museu Botânico mostra as plantas do "mundo policial" de Agata Christie

Museu Botânico mostra as plantas do "mundo policial" de Agata Christie

O Museu Botânico do Instituto Politécnico de Beja (IPBeja) inaugura esta quarta-feira, 15, a micro-exposição "De St. Mary Mead ao Cairo – As Plantas de Agatha Christie".
Fonte do IPBeja explica ao "CA" que a mostra vai levar os seus visitantes "até St. Mary Mead, na companhia de Miss Marple, e a destinos exóticos guiados por Poirot".
Nesse sentido, continua a mesma fonte, "a exposição é constituída por um conjunto de objectos naturais (sementes, frutos, etc) que integram o acervo do Museu Botânico e que, directa ou indirectamente, foram incluídas nos romances policiais de Agatha Christie, seja como fonte de venenos (cianeto, atropina, estricnina, aconitina, ricina, ópio, digoxina, taxol, etc.) ou como <i>ex-libris</i> dos locais onde, nos romances, decorreram as acções (palmeira-tameira, fidalguinhos, chazeiro, palmeira-de-Tebas, especiarias)".
A exposição estará patente até Julho, sendo que o Museu Botânico do IPBeja encontra-se aberto todas as quartas e quintas-feiras, das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima