Municípios contra fecho de 16 escolas

Municípios contra

A possibilidade de 16 escolas do primeiro ciclo do ensino básico da região já não reabrirem no início do ano lectivo 2014-2015 é fortemente contestada pelos municípios.
De acordo com a mais recente proposta do Governo sobre o reordenamento da rede escolar do ensino básico, o Baixo Alentejo pode ver encerradas as escolas primárias de Messejana e Rio de Moinhos (no concelho de Aljustrel), Santa Clara-a-Nova e Telhada (Almodôvar), Casével e Entradas (Castro Verde), Vila Alva e Vila Ruiva (Cuba), Odivelas, Peroguarda e Santa Margarida do Sado (Ferreira do Alentejo), Garvão e Santana da Serra (Ourique), A-do-Pinto e Vales Mortos (Serpa) e Selmes (Vidigueira).
Perante este cenário, conselho intermunicipal da Cimbal – Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (que não inclui o concelho de Odemira) considera que a intenção do Governo irá contribuir “decisivamente para um maior esvaziamento populacional do Baixo Alentejo e para o seu consequente empobrecimento”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima