Mário Simões mandatário de Passos Coelho nas eleições directas do PSD

Mário Simões mandatário de Passos Coelho nas eleições directas do PSD

O presidente da Distrital de Beja do PSD, Mário Simões, é o mandatário regional da recandidatura de Pedro Passos Coelho à liderança do PSD.
O actual primeiro-ministro vai formalizar esta terça-feira, 28, às 16h00, a sua recandidatura ao cargo de presidente do PSD, com a entrega das assinaturas necessárias e de uma moção de estratégia global na sede nacional do partido, em Lisboa.
Passos Coelho vai entregar estes documentos acompanhado pela sua directora de campanha, a deputada e vice-presidente da bancada social-democrata Teresa Leal Coelho, e pelo mandatário nacional, o autarca de Viseu Fernando Ruas.
As eleições directas para o cargo de presidente do PSD e para a escolha dos delegados ao próximo congresso do partido vão realizar-se no sábado, dia 3 de Março.
Esta terça-feira é a data limite para a formalização de candidaturas à liderança do PSD, sendo exigida a entrega de, pelo menos, 1.500 assinaturas de militantes do PSD com as quotas em dia e de uma moção de estratégia global.
Os novos órgãos nacionais do partido vão depois ser eleitos no XXXIV Congresso do PSD, marcado para 23, 24 e 25 de Março, em Lisboa.
Este congresso tem também na sua agenda a discussão e votação de alterações aos estatutos e ao programa do partido.
A realização de eleições directas e de um congresso electivo este ano decorre dos estatutos do PSD, que estabelecem que "os mandatos dos órgãos electivos do partido são de dois anos, contando-se a sua duração a partir da data da eleição".
Passos Coelho foi eleito presidente do PSD nas eleições directas de 26 de Março de 2010 e os actuais órgãos nacionais do partido foram eleitos no congresso realizado nos dias 9, 10 e 11 de Abril desse ano.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima