Monte da Rocha vai abastecer cinco concelhos

Monte da Rocha vai

Até 2019 a barragem do Monte da Rocha vai estar a abastecer a rede pública de água de cinco concelhos. Da albufeira situada no concelho de Ourique já sai a água consumida em Castro Verde e, mais recentemente, Ourique e Almodôvar (com excepção das localidades de Rabaça e Santa Cruz). Mas em breve deverão arrancar as empreitadas que irão servir parte da zona interior do concelho de Odemira e uma vasta área da margem direita do Guadiana, no concelho de Mértola.
O projecto faz parte do sistema público de abastecimento em alta a partir do Monte da Rocha, delineado pela Águas Públicas do Alentejo (AgdA) e que levou a empresa a investir 3,5 milhões de euros na renovação e ampliada Estação de Tratamento de Água (ETA) daquela barragem, intervenção inaugurada no dia 20 de Julho pelo ministro do Ambiente, João Matos Fernandes.
A obra foi co-financiada em 66% pela União Europeia, através do Programa Operacional Temático de Valorização do Território, e permite à ETA do Monte da Rocha ter uma capacidade máxima de produção de água de 400m3/h e abastecer cerca de 18.000 habitantes.
Além da ETA do Monte da Rocha, foi igualmente inaugurada a nova Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Ourique, que custou à AgdA 1,3 milhões de euros. O novo equipamento destina-se a tratar, “de forma adequada”, os efluentes urbanos provenientes da vila de Ourique e está dimensionada para tratar cerca de 280 m3/dia de águas residuais, servindo uma população de 1.700 habitantes.
Estas novas infra-estruturas “vão permitir assegurar a continuidade e qualidade do serviço de abastecimento de água às populações e o tratamento adequado das águas residuais produzidas na região”, adianta ao “CA” João Silva da Costa, vogal-executivo da AgdA.
De acordo com este responsável, o sistema de abastecimento a partir do Monte da Rocha já exigiu 11,5 milhões de euros de investimento à empresa, sendo que o que falta fazer implicará o gasto de um montante idêntico.

“Uma questão de justiça”
O investimento realizado pela AgdA no abastecimento público de água na região foi largamente elogiado pelo ministro do Ambiente durante a cerimónia que assinalou a inauguração da ETAR de Ourique e da ETA do Monte da Rocha.
Nesse sentido, João Matos Fernandes aproveitou a sua passagem pelo concelho de Ourique para dar como garantida a aprovação da candidatura a fundos comunitários das obras que faltam fazer para levar a água da albufeira aos concelhos de Odemira e Mértola.
“Não há qualquer razão para uma quebra no ritmo dos investimentos, antes pelo contrário! A candidatura está apresentada e certamente será aprovada – até porque concorre sozinha, porque assim quisemos [no Governo] por uma razão de justiça”, disse o ministro ao “CA”.
Antes, já os autarcas de Ourique e Castro Verde tinham realçado a importância das duas novas infra-estruturas. “A inauguração da ETA [do Monte da Rocha] e da ETAR de Ourique é um contributo para a vida dos nossos cidadãos, para o ambiente da região e para a nossa paisagem, que é parte integrante da identidade regional”, sublinhou o presidente da Câmara de Ourique no seu discurso.
Marcelo Guerreiro acrescentou ainda que ambos os equipamentos “são a prova de que os municípios podem ter uma palavra a dizer em matéria de sustentabilidade ambiental e na gestão dos recursos naturais escassos”.
Já o seu homólogo de Castro Verde destacou o facto de este ser “um investimento necessário e urgente para estas terras do interior sul alentejano, num tempo em que a água é cada vez mais um bem valioso e indispensável para o crescimento harmonioso dos territórios”.
“Esta obra torna mais vizinhos e mais solidários estes concelhos, unidos pela barragem do Monte da Rocha”, reforçou Francisco Duarte, lembrando que foi o Município de Castro Verde quem assumiu, em 1989, o “projecto visionário” e “quase temerário do ponto de vista financeiro” de construir uma ETA na barragem do Monte da Rocha.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima