Misericórdia de Ourique quer investir em 2016

Misericórdia de Ourique

Depois de em 2015 ter concretizado o alargamento da capacidade do seu jardim-de-infância/creche, a Misericórdia de Ourique já pensa em novos investimentos para 2016.
No caso da valência de Educação, o provedor José Raul Santos adianta ao “CA” que é intenção da instituição preparar uma nova candidatura ao programa de apoio comunitário “Portugal 2020”, visando a “requalificação e refuncionalização” do edifício da creche e jardim-de-infância.
Ao mesmo tempo, a Misericórdia ouriquense pretende avançar com uma candidatura semelhante para o edifício do lar de Terceira Idade, em Ourique, assim como outra visando a requalificação das igrejas Matriz, em Ourique, e de Nossa Senhora da Cola, no santuário com o mesmo nome.
“E está também no nosso horizonte a construção de um novo equipamento na freguesia de Garvão, que é um sonho antigo”, acrescenta o provedor.
Mas além da obra física, José Raul Santos tem outra ambição: “Continuar a ajudar os mais desfavorecidos e mudar o paradigma do envelhecimento nas valências da Misericórdia de Ourique”.
“Os lares e centros de dia não podem funcionar como um gueto. Têm que estar abertos à comunidade e vice-versa. Sonho com um espaço inter-geracional que crianças, idosos, colaboradores e comunidade partilham. Sonho também com uma mudança da perspectiva do envelhecimento. Rejeito em absoluto a visão das pessoas de idade sentadas, resignadas e tristes, nos lares”, argumenta o provedor.
Com 80 colaboradores, a Misericórdia de Ourique conta actualmente com 180 utentes idosos e mais 86 crianças.
A instituição apoia ainda 197 famílias carenciadas do concelho, num total de 448 beneficiários.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima