Misericórdia de Beja faz aposta na saúde

Misericórdia de Beja

A área da Saúde vai estar no topo das prioridades da Santa Casa da Misericórdia de Beja (SCMB) nos próximos tempos, garante o provedor João Paulo Ramôa. Em declarações ao “CA”, este responsável destaca o projecto da “Cidadela da Misericórdia”, a instalar num terreno com cerca de quatro hectares que a Misericórdia de Beja tem no bairro dos Moinhos.
“O projecto da ‘Cidadela’ é um projecto para seguramente 10-12 anos e que irá muito para além deste mandato e equipa de gestão”, afiança Ramôa, acrescentando: “Será necessário não ultrapassar fases e sustentar as várias opções com muita certeza e discussão entre todos, de modo a que seja um projecto de todos e assumido por todos, e não apenas pela direcção [da SCMB]”.
Por isso mesmo, continua o provedor, nesta fase a SCMA está apenas a trabalhar “no âmbito do projecto de arquitectura do loteamento urbano”.
Enquanto prepara o projecto da “Cidadela da Misericórdia”, a SCMB vai avançar com a requalificação do rés-do-chão do edifício do antigo hospital, “um projecto único para a cidade” de Beja. Nos planos da instituição estão também “a candidatura do projecto de requalificação da Igreja de Nossa Senhora da Piedade e o início da intervenção na área da Saúde Mental”.
O ano de 2017 será ainda marcado pelo arranque de dois novos projectos no seio da Misericórdia de Beja: “A voz amiga” – que será lançado em Abril – e “Ao encontro de um amigo”. Segundo João Paulo Ramôa, este último poderá estar no terreno já em Março e visa combater a solidão entre os mais idosos, através do voluntariado.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima