Ministério da Agricultura pede a Bruxelas ajuda contra os efeitos da seca

Ministério da Agricultura pede a Bruxelas ajuda contra os efeitos da seca

A ministra da Agricultura, Assunção Cristas, revelou esta quarta-feira, 7, que o Governo português já enviou "uma carta" para Bruxelas por causa da seca e dos seus efeitos na agricultura.
Em entrevista à RTP, Assunção Cristas disse que "hoje [quarta-feira] mesmo seguiu uma carta formal para o comissário da Agricultura" a dar conta dos efeitos na agricultura da seca que se tem sentido em Portugal nos últimos meses e a pedir para que sejam "accionadas" medidas.
Contudo, agricultores e ambientalistas consideram que o pedido de ajuda que a ministra da Agricultura fez a Bruxelas por causa da seca “já vem tarde” e que o Governo devia tomar outras medidas.
“Tendo em conta que a seca já vai no terceiro mês, podemos considerar que o pedido é tardio”, disse à Agência Lusa o dirigente da Confederação Nacional da Agricultura, João Dinis.
Por seu lado, o ambientalista João Camargo, da Liga para a Protecção da Natureza, garantiu que acção era já "imperativa".
Numa situação que era de seca extrema, o pedido de seca "é tardio" e deviam ter sido tomadas as "medidas adequadas" face aos problemas que a seca impõe na agricultura e no ambiente, frisou.
Recorde-se que Assunção Cristas tinha já pedido para que o tema da seca em Portugal fosse introduzido no Conselho de Ministros dos 27, no próximo dia 19, em Bruxelas.
Roger Waite, porta-voz do executivo comunitário para a Agricultura, tinha anteriormente afirmado que a Comissão Europeia está em contacto com as autoridades portuguesas por causa da seca na agricultura.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima