Mesa-redonda sobre lucernas em Castro Verde

Mesa-redonda sobre

Especialistas ibéricos vão reunir-se esta sexta e sábado, dias 1 e 2, em Castro Verde, para uma mesa-redonda sobre “As lucernas ditas mineiras e a sua origem de fabrico”.
A mesa-redonda, organizada pela Cortiçol – Cooperativa de Informação e Cultura em parceria com a Câmara de Castro Verde, vai decorrer no Museu da Lucerna e no Fórum Municipal da vila.
Segundo a Cortiçol, a mesa-redonda pretende cimentar a “importância” do concelho de Castro Verde no estudo do património arqueológico associado às lucernas, ou seja, lamparinas de azeite que os romanos usavam para combater a escuridão dos caminhos e lugares públicos e nas cerimónias religiosas.
Desde a sua fundação que a Cortiçol tem vindo a assumir a arqueologia e o património arqueológico local como “parte importante do trabalho que desenvolve no concelho”, sendo “o maior exemplo desse esforço” o trabalho associado às lucernas descobertas na freguesia de Sta. Bárbara de Padrões e a criação do Museu da Lucerna em Castro Verde.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima