Marcelo diz que Ovibeja é “símbolo de descentralização”

O Presidente da República disse esta quinta-feira, 22, que a Ovibeja, este ano realizada em formato digital, é “um marco económico” do Alentejo, considerando que o certame “é um símbolo” do que deve ser o país “em termos de descentralização”.

Numa mensagem gravada em vídeo e transmitida na sessão de abertura da feira agropecuária organizada pela ACOS em Beja, que decorreu esta manhã, Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que a Ovibeja “é mais do que um marco económico” e “um símbolo da luta” daqueles que, “no país rural, dão vida a todo o nosso país”.  

A Ovibeja “é um símbolo daquilo que nós queremos em termos de descentralização, de oportunidades, de correção de desigualdades, de assimetrias que persistem entre territórios e entre regiões e que têm de ser corrigidas”, disse.

Na sua declaração, o Presidente da República lembrou ainda a memória de Manuel Castro e Brito, fundador da Ovibeja e falecido em 2016, para sublinhar a “falta que nos faz a Ovibeja presencial”.

“ Faz a nós, faz a Beja, faz ao Alentejo, faz a Portugal”, vincou.

Ovibeja “é um símbolo daquilo que nós queremos em termos de descentralização, de oportunidades, de correção de desigualdades, de assimetrias que persistem entre territórios e entre regiões e que têm de ser corrigidas.”

Marcelo Rebelo de Sousa | Presidente da República

Marcelo acrescentou que conta estar presente na feira alentejana “para o ano”, deixando no final da sua mensagem um agradecimento “a todos os que há tanto tempo dão vida à Ovibeja” por “não terem desesperado”.

“Temos de esperar e confiar num futuro muito melhor”, concluiu o Presidente da República.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima