Mais de 100 iniciativas culturais para "dar vida" a Évora no Verão

Mais de 100 iniciativas culturais

Mais de 100 iniciativas culturais vão "dar vida" ao centro histórico de Évora, nos meses de Verão, integradas num novo programa de animação da cidade.
"O que se pretende é que, praticamente, todos os dias aconteçam coisas na rua", resume o vereador da Cultura da Câmara de Évora, Eduardo Luciano, em declarações à Agência Lusa.
Intitulado "Cenas ao Sul – encontros com luz, formas, sons e afectos", o programa vai prolongar-se até ao dia 13 de Setembro, com a maioria das iniciativas culturais a realizar-se no centro histórico da cidade.
O festival resulta de uma parceria entre a Câmara de Évora, a Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo e a Associ’Arte, contando com o apoio de fundos comunitários, através do programa operacional InAlentejo.
"É um projecto que começou através de um processo de diálogo com os agentes culturais", diz Eduardo Luciano, adiantando que as mais de 100 intervenções são produzidas por "duas dezenas e meia de agentes culturais" do concelho.
De acordo com o autarca, estão previstos espectáculos de várias áreas da cultura, como cinema, música, dança e performance, mas também exposições de fotografia, workshops, encontros e debates.
O vereador destaca, entre outras iniciativas, a Semana dos Palhaços, que está actualmente a decorrer na cidade, o concerto dos Diabo na Cruz, marcado para o dia 26 deste mês, e o novo espectáculo da Ronda dos Quatro Caminhos, a 29 de Agosto.
"Esta série de intervenções na rua não é mais nem menos do que o cumprir daquilo que foi o nosso desígnio para animar este centro histórico, de levar a cultura ao encontro das pessoas e de as fazer sair de casa e voltar a viver a rua", refere.
Segundo o Município, o Cenas ao Sul constitui-se como o primeiro momento de um projecto cultural mais amplo, denominado "Évora Imaterial, Território de Encontros", que se encontra em fase de candidatura ao Programa Europa Criativa 2014-2019.
A candidatura surge em sequência de um acordo já assinado entre o município e os agentes culturais para a dinamização e animação cultural do centro histórico, com possibilidade de extensão às freguesias rurais.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima