Líder do PSD acusou PS de “empobrecer” o país

Luís Montengro - jantar em Beja (Dez 2022)
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O presidente do PSD esteve nesta terça-feira, 20, em Beja, aproveitando a ocasião para acusar o primeiro-ministro, António Costa, e o PS de quererem que “os portugueses se habituem à pobreza”.

“O primeiro-ministro de Portugal quer que os portugueses se habituem à pobreza, mas nós não nos vamos habituar a isso”, afirmou o líder dos sociais-democratas, Luís Montenegro, que discursava na tomada de posse da Distrital do PSD de Beja, liderada por Gonçalo Valente.

No seu discurso, o líder do PSD falou dos números da pobreza em Portugal, afiançando que “metade da população ou está já no risco de pobreza ou só não está porque o Estado lhes dá uma prestação que as impede de estar nesse limiar estatístico”.

Luís Montenegro aludiu ainda à prestação extraordinária de 240 euros aos mais desfavorecidos anunciada pelo Governo, lembrando que essa era uma ideia do PSD.

Antes de Montenegro falou o reeleito presidente da Distrital de Beja do PSD, Gonçalo Valente, que voltou a traçar como prioridade para o seu mandato “unir as pessoas”, no sentido do partido “encontrar a melhor forma de ganhar peso político” na região.

Gonçalo Valente disse ainda que a sua equipa não vai ser “subserviente ao partido”, uma vez que a região estará sempre “em primeiro lugar”.

Opinião

Napoleão Mira

20 de Janeiro, 2023

O Codex 632

Carlos Pinto

20 de Janeiro, 2023

Habitação, um problema sério

Carlos Pinto

6 de Janeiro, 2023

Saúde débil

Vitor Encarnação

6 de Janeiro, 2023

Ano Novo

Carlos Pinto

16 de Dezembro, 2022

Marcelo, o “omnipresente”

Napoleão Mira

16 de Dezembro, 2022

Leve-Leve

Anterior
Seguinte

EM DESTAQUE

ULTIMA HORA

Role para cima