Junta da Conceição (Ourique) contesta possível extinção da freguesia

Junta da Conceição (Ourique) contesta possível extinção da freguesia

A pequena freguesia de Conceição, no concelho de Ourique, vai lutar com todas as suas forças para evitar a extinção proposta pelo Governo.
A garantia é dada pelo jovem presidente da Junta de Freguesia local, para quem a reforma do mapa administrativo autárquico não vai beneficiar as populações ou sequer poupar euros ao erário público.
“Quem mais vai sofrer é a população! E não se vai poupar dinheiro nenhum, muito pelo contrário, pois a Junta de Freguesia onde nossa for agregada ainda ficará com uma responsabilidade maior”, argumenta Ângelo Nobre, de 30 anos, lembrando que em Conceição é a Junta quem “dá resposta à maior parte das necessidades das pessoas”.
“É lá que se recebem reformas ou se fazem pagamentos de água e telefone, é lá que se envia correio ou até que se faz um desabafo… E somos nós [Junta de Freguesia] que fazemos o transporte das crianças para a escola da freguesia mais próxima, que é Panóias, ou que levamos os utentes às consultas a Beja, a Grândola ou até a Lisboa. As pessoas vão, efectivamente, sentir falta deste apoio”, afiança o jovem autarca, prometendo não baixar os braços.
“Ainda não sabemos a freguesia em que vamos ser agregados e estamos um bocadinho com a ‘luz’ apagada, mas a nossa luta continua”, vinca.
Eleito pelo PS desde 2005 e a um ano de cumprir o seu segundo mandato na presidência da Junta de Freguesia de Conceição, Ângelo Nobre considera que o balanço do trabalho desenvolvido até ao momento é “claramente positivo”, apesar das “restrições” impostas pelo actual momento financeiro do país.
Condicionalismos que levaram o seu executivo a dar primazia na sua actuação “às políticas de apoio social”, sobretudo “aos mais carenciados, aos jovens e aos idosos”.
“E também tentamos dar resposta a todas as pessoas que estão desempregadas e pretendem, de alguma forma, contribuir trabalhando para a Junta, que tem 10 pessoas a trabalhar para si e é já a maior entidade empregadora” da freguesia, afiança.
Neste seu segundo mandato, Ângelo Nobre destaca ainda a melhoria e manutenção de alguns dos espaços públicos da freguesia, assim como a construção da casa mortuária em Conceição, o arranjo da capela (incluindo a construção de casas de banho) em Alcarias e o lançamento do programa de voluntariado para caiar esta aldeia.
Até 2013 o jovem autarca espera ainda avançar com mais melhoramentos nas ruas de Conceição do Alentejo.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima