João Rocha considera "importante" vitória em Beja

João Rocha considera

O presidente eleito da Câmara de Beja, João Rocha, congratulou-se com a "importante" vitória da CDU, com maioria absoluta, num concelho onde perdeu há quatro anos.
Trata-se de um vitória "importante", porque permitiu à CDU reconquistar a câmara da capital do Baixo Alentejo, que os comunistas tinham perdido para o PS em 2009, disse à Agência Lusa João Rocha.
A CDU, através da candidatura de João Rocha, obteve 43,42% dos votos e elegeu quatro dos sete elementos do executivo camarário.
O PS, através da recandidatura do actual presidente, Jorge Pulido Valente, alcançou 41,65% dos votos, perdeu a Câmara de Beja, passou a segunda força política e elegeu três vereadores.
Em declarações à Lusa, Jorge Pulido Valente reagiu com desânimo e decepção por o PS "não ter conseguido que a continuidade" do seu projecto para Beja tivesse sido "validada pela população" do concelho.
Apesar disso, "estamos [PS] de cabeça erguida, porque cumprimos a nossa missão, fizemos o melhor e o mais que podíamos, mas a população de Beja entendeu que não devia dar-nos a confiança para mais um mandato", disse.
A coligação PSD/CDS-PP obteve 6,21% dos votos e não conseguiu eleger qualquer vereador, tal como o movimento independente "Por Beja com todos", que obteve 4,38% dos votos.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima