João “Chapas” é campeão do mundo

João “Chapas” é

“João “Chapas” Silva, lutador natural de Ourique, é novo campeão do mundo de profissionais da WKU em muay thai na categoria K1 (-95 kgs), título conquistado a 9 de Abril no Algarve.
“É um sonho cumprido, uma sensação gratificante… E conseguir este carinho e este apoio todo das pessoas é extremamente gratificante”, diz ao “CA” o atleta.
Mas até alcançar o sonho, João “Chapas” Silva teve de suar muito e de se bater arduamente contra o holandês John Granville, que era o campeão em título, durante o combate “cabeça-de-cartaz” da DNF – Dynamite Fight Night 30. A vitória foi por pontos, mas não mereceu qualquer contestação.
“Foi o combate mais complicado tacticamente que tive até hoje”, reconhece o atleta baixo-alentejano, revelando a “receita” utilizada para a vitória: “O meu segredo foi não perder a cabeça, porque uma das tácticas de que me apercebi no decorrer do combate foi que ele estava a tentar esperar pela minha entrada, pelas minhas ofensivas, para apanhar uma aberta. Nunca pude perder a cabeça e por mais vontade que tivesse de meter mais ritmo e mais agressividade no combate, não podia. Tive de manter a postura e o meu plano táctico. E resultou”.
Apesar de ter alcançado o título mundial, João “Chapas” Silva mantém-se ambicioso. “Continuo com vontade de fazer mais ainda”, assume o atleta, que já definiu as novas metas a alcançar nos tempos mais próximos. “Existem mais federações [além da WKU] e o objectivo que estabeleci logo após esta conquista foi ter mais títulos do mundo das outras federações”, adianta.
Enquanto tal não é possível, João “Chapas” continua a trabalhar no duro. O corpo assim o exige, até porque há novas “batalhas” no horizonte.
“Na minha agenda tenho mais um combate internacional, que será a 4 de Junho na China. Ainda que não seja para o título, é um combate internacional! E futuramente estou a tentar arranjar mais combates, de preferência para lutar por títulos”, diz.

Partilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima