Investigadora de Beja premiada na Europa

Investigadora de Beja

A investigadora Marta Entradas, natural de Beja, recebeu recentemente o prémio EYRA 2016 – European Young Researchers Award, galardão que distingue jovens investigadores.
A investigadora do ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa foi a primeira portuguesa a receber este prémio criado pela EuroScience em 2010, com o intuito de distinguir pós-doutorandos que tenham tido um desempenho particularmente bom no seu trabalho de investigação, que deve incluir uma dimensão europeia.
“Senti que o meu trabalho e o meu esforço estavam a ser reconhecidos”, disse ao “Observador” a investigadora natural de Beja.
Já em Março Marta Entradas tinha ganho uma bolsa Marie Curie, no valor de 184 mil euros, para conduzir o projecto “MORE-PE: Mobilisation of Resources for Public Engagement”, na London School of Economics and Political Science, em Londres (Inglaterra).

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima