Hospital de Serpa continua na Misericórdia

Hospital de Serpa

A Santa Casa da Misericórdia de Serpa vai continuar a gerir o Hospital de São Paulo, naquela cidade, ao contrário do que pretendiam o PCP e o Bloco de Esquerda.
O regresso da unidade hospitalar à esfera pública e a sua reintegração no Serviço Nacional de Saúde (SNS) foi discutido no final da passada semana na Assembleia da República, mas os projectos de resuloção do PCP e do Bloco acabaram por não passar, com os votos contra dos deputados do PSD e do CDS-PP e a abstenção da bancada do PS.
Tal facto levou a Coordenadora Distrital de Beja do Bloco de Esquerda a manifestar, em comunicado, o seu repúdio pela decisão “de manter a gestão do Hospital de Serpa na esfera privada, contrária à defesa e reforço do SNS público, universal e tendencialmente gratuito”.
Os bloquistas condenam igualmente “o ‘lavar de mãos’ dos deputados do PS quando se trata de defender na prática o SNS, contrário ao espírito do acordo parlamentar à esquerda que suporta o actual Governo”, criticando igualmente o “voto dos deputados eleitos por Beja, Nilza de Sena e Pedro do Carmo”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima