Hospital de Beja vai ter redução de 26 camas

Hospital de Beja vai ter

O Hospital José Joaquim Fernandes, na cidade de Beja, vai ficar com menos 26 camas para internamento até ao fim deste ano, mas 15 não vão desaparecer “fisicamente”.
No hospital bejense, antes do início do processo de redução e reorganização de camas, existiam 229 camas para internamento e, a partir do próximo dia 1 de Janeiro de 2014 vão passar a existir 203, explica Emília Duro, directora clínica da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA), que gere aquela unidade hospitalar.
Segundo Emília Duro, que falava numa conferência de imprensa do conselho de administração da ULSBA realizada esta segunda-feira, 9, trata-se de uma redução de 26 camas para internamento, mas 15 serão reduzidas "teoricamente", já que, na prática, não vão desaparecer "fisicamente" e passarão a ser afectas aos serviços de Cirurgia de Ambulatório e Urgências e a ter outra utilização.
Do total de 26 camas a reduzir, 14 foram encerradas no passado dia 1 de Agosto – oito de Oncologia, duas de Oftalmologia, duas de Obstetrícia, uma de Otorrinolaringologia e uma de Ginecologia.
A partir do próximo dia 1 de Janeiro "vai haver a redução teórica" de 12 camas, ou seja, dez de Cirurgia Geral e duas de Ortopedia, adianta Emília Duro, explicando que a redução vai ser feita com o "pressuposto" de que as 12 camas sejam utilizadas pelo serviço de Cirurgia de Ambulatório.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima