Greve dos médicos com 53% de adesão na Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo

Greve dos médicos com 53% de adesão na Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo

Mais de metade dos médicos escalados pela Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) para esta quarta-feira, 11, aderiram à greve de dois dias convocada pelos sindicatos do sector.
De acordo com dados revelados há instantes pela ULSBA, nos hospitais de Beja e Serpa a adesão foi de 56%, sendo que dos 80 médicos escalados, 45 fizeram greve.
Já nos centros de saúde da região, a paralisação teve uma adesão de 50%, uma vez que entre os 61 médicos escalados 30 fizeram greve.
No total, a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo regista até ao momento uma adesão à greve de 53% dos médicos.
Fonte da ULSBA adianta igualmente que das 241 consultas agendadas para esta quarta-feira, foram efectuadas 204, ao passo que foram apenas realizadas duas das 14 cirurgias programadas.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima