Governo atento ao aeroporto de Beja

Governo atento ao

O novo Governo está atento ao futuro do aeroporto de Beja e já pediu à ANA – Aeroportos de Portugal para procurar mais investimento para o equipamento.
A garantia foi dada ao “CA” pelo ministro do Planeamento e Infra-estruturas, Pedro Marques, que na primeira reunião que manteve com a empresa concessionária da rede de aeroportos de Portugal, agora propriedade dos franceses da Vinci, pediu que fosse dada “atenção” ao aeroporto de Beja, “no sentido de procurar captar todos os investimentos que fossem possíveis”.
Na opinião do ministro, o futuro do aeroporto de Beja deve passar por “projectos que sejam criadores de emprego”, sem que estes estejam exclusivamente ligados ao transporte aéreo de passageiros.
“Falo de reparações ou desmantelamento de aviões, que são áreas intensas em tecnologia, em emprego e que têm potencial. E com o desenvolvimento gradual da região e com o desenvolvimento do turismo, de certeza que também estaremos em melhores condições para captar mais rotas aéreas”, acrescentou.
Pedro Marques abordou ainda a questão das obras do IP2 e do IP8/A26, que integram a concessão rodoviária do Baixo Alentejo.
De acordo com o governante, a renegociação da parceria público-privada com o concessionário ainda decorre e só depois será possível reequacionar as obras a concretizar, sendo certo que o plano original não será retomado nos próximos “dois ou três anos”.
“A partir daqui o que temos a fazer é colocar políticas concretas no terreno e este Governo tudo fará para ajudar ao desenvolvimento deste território”, acrescentou Pedro Marques.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima