Governo apoia projecto do zinco da Somincor

Governo apoia projecto do zinco da Somincor

O Governo já aprovou a minuta do contrato fiscal de investimento a celebrar entre o Estado e a Somincor, proprietária das minas de Neves-Corvo, no concelho de Castro Verde, no âmbito do projecto da empresa para a expansão da produção de zinco, avaliado em 256 milhões de euros.
De acordo com o deputado do PS eleito por Beja, Pedro do Carmo, o contrato fiscal de investimento entre o Estado e a Somincor prevê a atribuição à empresa de um crédito fiscal em sede de IRC de 9% e isenção em sede do Imposto do Selo até ao montante máximo de 16,7 milhões de euros.
Em declarações ao “CA”, Pedro do Carmo nota que o projecto da Somincor estima “a criação de 38 postos de trabalho até 31 de Dezembro de 2021 e a manutenção de todos os postos [de trabalho] até 31 de Dezembro de 2027”.
“Trata-se de um importante impulso de investimento na região, de geração de novas oportunidades de emprego e de sustentação da economia da região e do país”, sublinha o deputado socialista, que se regozija “com a aprovação do apoio ao investimento que criará emprego sustentável e desejavelmente com boas condições de trabalho”.
Pedro do Carmo reafirma ainda, como eleito por Beja, o seu “compromisso de defender a região e os baixo alentejanos”. “Faço-o com a coerência de não ter uma voz em Lisboa e outra diferente na nossa terra, como se o Orçamento de Estado não resultasse de um compromisso em que cada um colocou em cima da mesa as suas prioridades incontornáveis para o viabilizar”, conclui.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima