GNR fiscalizou 22 caçadores em Almodôvar

GNR fiscalizou 22

A GNR de Almodôvar, através do Núcleo de Protecção da Natureza, realizou esta quarta-feira, 2, uma operação de fiscalização à actividades cinegética neste concelho.
Fonte da Guarda adianta ao “CA” que a operação teve por objectivos “reprimir a caça por meios e processos não autorizados e os atentados contra a fauna e flora”, tendo sido fiscalizados 22 caçadores.
No final, foram elaborados dois autos de notícia por crime contra a preservação das espécies e outros tantos por crimes no âmbito da lei da caça, além de quatro autos de contra-ordenação no âmbito das leis sanitárias para o transporte e trato de cães de caça.
Os militares detectaram e apreenderam ainda seis dispositivos que funcionavam como armadilhas para captura de predadores, “situação que configura um crime contra a preservação das espécies, tendo libertado um felino preso numa das armadilhas”.
“Fruto desta açcão foi ainda recuperado um canídeo, entregue ao seu proprietário, e encontrado um milhafre real morto, cuja causa da morte aparenta ser envenenamento”, conclui a GNR.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima