GNR apreende música ilegal em Odemira e Sines

GNR apreende música

A Inspecção Geral das Actividades Culturais (IGAC) apreendeu em Odemira e Sines discos rígidos de computadores e outros suportes com mais de 3500 obras musicais ilegais.
A operação, que contou com a colaboração da GNR, decorreu no fim-de-semana passado em “vários recintos de espectáculos" nos dois concelhos do Litoral Alentejano, tendo ainda sido apreendidos “centenas de ficheiros de áudio e imagem, destinados ao uso em espectáculos de natureza artística”, sem a respectiva autorização, afirma a IGAC em comunicado.
Segundo o mesmo comunicado, foram “efectuadas participações ao Ministério Público por indícios da prática de crime de usurpação ou aproveitamento de obra usurpada” e “levantados diversos autos de contra-ordenação, por falta de registo de promotor de espectáculo e de licenciamento para a execução pública de obras musicais”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima