Gestão equilibrada na Câmara de Odemira

Gestão equilibrada

O presidente da Câmara de Odemira garante que a autarquia do Litoral Alentejano tem “uma gestão equilibrada”, pagando aos seus fornecedores no prazo de “30 a 60 dias”.
Além do mais, José Alberto Guerreiro afiança que o Município tem vindo a reduzir a dívida de médio e longo prazo, que representa um encargo anual (amortização e juros) de apenas seis por cento da execução anual.
“Em suma, as finanças municipais em Odemira são geridas com responsabilidade, apoiando anualmente as juntas de freguesia em 1,65 milhões de euros”, sublinha o autarca ao “CA”.
Entre as obras mais marcantes da autarquia no presente mandato está a requalificação do centro histórico de Odemira, empreitada ainda em andamento que José Alberto Guerreiro admite ter “decorrido com algum atraso e muitas situações indesejáveis”.
Ainda assim, o edil odemirense faz um balanço positivo da intervenção, dado esta permitir “qualificar as infra-estruturas, despoluir o rio Mira, tornar mais eficiente o uso da água e renovar e atrair o ambiente e a vivência urbana”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima