Fim de semana de festa em Almodôvar!

Almodôvar - FACAL 2024

Concertos e cante alentejano, tertúlias, gastronomia e artesanato são alguns dos destaques da edição deste ano da FACAL – Feira das Artes e Cultura de Almodôvar, que a Câmara Municipal promove neste fim de semana, dias 5 a 7, no renovado espaço do Campo das Eiras – agora Complexo Multiusos das Eiras –, para mostrar o melhor que o concelho tem.

“A FACAL reforça novamente a sua aposta na cultura como veículo de promoção e valorização do turismo, dos produtos regionais, do tecido empresarial local e da gastronomia local que é um orgulho de todos”, destaca a vice-presidente da autarquia almodovarense, Ana Carmo.

A par disso, continua a eleita, a feira continua a ser “o maior evento anual em Almodôvar”, trazendo “sempre uma grande dinâmica ao comércio local”, assim como à restauração e à hotelaria do concelho.

A vice-presidente da Câmara de Almodôvar realça ainda o regresso da feira ao Complexo Multiusos das Eiras, esperando três dias de “casa cheia”.

“Estamos a falar de um espaço completamente renovado, moderno, apelativo e amplo, agora com vários acessos e com condições logísticas melhoradas, que promete agradar a quem visitar e participar nesta edição da FACAL”, frisa.

“A FACAL reforça novamente a sua aposta na cultura como veículo de promoção e valorização do turismo, dos produtos regionais, do tecido empresarial local e da gastronomia local que é um orgulho de todos”, destaca a vice-presidente da autarquia almodovarense, Ana Carmo

A 27ª edição da FACAL é inaugurada oficialmente nesta sexta-feira, 5, pelas 18h00, sendo que antes, durante a manhã, tem lugar a tertúlia “Artes e Ofícios”, no novo Centro de Interpretação do Medronho.

A música é um dos destaques no programa da feira, com o palco principal a receber concertos de Quim Barreiros (22h00), Santa Maria (23h30) e Kura (1h30) na sexta-feira, de RAYA (21h30) e D.A.M.A. (23h30) no sábado, e de Carminho (22h00) no domingo.

O cante alentejano também não faltará no evento, com o palco secundário a receber, ao longo dos três dias, os diversos grupos corais do concelho, além das escolas de danças de salão, de ginástica aeróbica, de ballet, de fit dance e de dança rítmica da associação Almovimento e os grupos de cavaquinhos, de danças tradicionais do mundo e a tuna da Universidade Sénior.

Workshops de gastronomia e artesanato, animação itinerante com a Orquestra Improvável, bares e tasquinhas são outros dos destaques da edição deste ano da FACAL, que conta uma centena de expositores.

Opinião

Carlos Pinto

5 de Julho, 2024

O salário dos políticos

Napoleão Mira

5 de Julho, 2024

Avô Montes

Carlos Pinto

21 de Junho, 2024

O Segredo de justiça existe?

Vitor Encarnação

21 de Junho, 2024

Solidão

Carlos Pinto

7 de Junho, 2024

O problema da imigração

Napoleão Mira

7 de Junho, 2024

Mestre Vargas, Um Barbeiro Invulgar

Anterior
Seguinte

EM DESTAQUE

ULTIMA HORA

Role para cima