Feira do Mel, Queijo e Pão regressa a Mértola

Mértola - Queijo, Mel e Pão
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O Pavilhão Multiusos de Mértola recebe, a partir desta sexta-feira, 22, a 22ª edição da Feira do Mel, Queijo e Pão, iniciativa da Câmara Municipal que regressa depois de dois anos de “ausência” devido à Covid-19.

Até domingo, 24, o evento irá dar a “conhecer e provar” o melhor dos produtos locais, “temperados” ao som dos grupos de música tradicional.

“É um evento muito esperado, depois de dois anos de interregno por conta da pandemia”, que “celebra a excelência dos nossos produtos locais, dos nossos produtores e dos processos de fabrico e de confeção tradicionais e artesanais”, sublinha a vereadora Rosinda Pimenta.

A eleita mertolense acrescenta que o certame, “além de ser uma excelente montra destes nossos produtos, é também uma oportunidade de fazer vendas e gerar economia local”.

A Feira do Mel, Queijo e Pão de Mértola abre “portas” às 16h00 desta sexta-feira, 22, sendo que a cerimónia de inauguração está prevista para as 18h00. Depois haverá música, com o grupo “Ritmo Fole” (19h30) e António Caixeiro (22h00).

No sábado, 23, a feira abre pelas 11h00 e meia-hora depois tem lugar uma conversa sobre vinhos, enquanto no recinto a animação estará a cargo dos “Vozes do Sul”. A partir das 15h00 realiza-se uma conversa sobre o pão, seguindo-se as atuações dos grupos “Alma Sul” (15h30), “Vozes do Sul” (17h00), “Os Improvisados” (19h30) e “Rastolhice” (22h00).

A edição de 2022 da Feira do Mel, Queijo e Pão de Mértola termina no domingo, 24, dia em que se realiza uma conversa sobre mel (11h30). Antes da hora de almoço a animação no recinto estará a cargo do grupo “Mito Algarvio” (12h00), ao passo que de tarde tem lugar um showcooking sobre mel, queijo e pão (14h30) e há música com grupos corais (15h00) e com os “Cruzeiro” (17h00).

Opinião

Carlos Pinto

2 de Dezembro, 2022

Uma demora incompreensível

Vitor Encarnação

2 de Dezembro, 2022

Estágio

Carlos Pinto

18 de Novembro, 2022

Um homem que vai fazer falta

Napoleão Mira

18 de Novembro, 2022

Tempos de Mudança

Carlos Pinto

4 de Novembro, 2022

Matar o doente com a cura?

Vitor Encarnação

4 de Novembro, 2022

O Baile

Anterior
Seguinte

EM DESTAQUE

ULTIMA HORA

Role para cima